Papers Técnico-Científicos

Coletânea de artigos selecionados de procedência confiável, com publicação autorizada ou de domínio público.

 

Active Crossover Networks for Noncoincident Drivers 

por Siegfried H. Linkwitz - Hewllett-Packard, Santa Rosa, CA, USA

O artigo original de Mr. Linkwitz onde ele discorre sobre o problema do não-acoplamento entre falantes não-coincidentes (não-coaxiais) para as frequências de crossover fora do eixo principal. Artigo de grande importância histórica, onde ele apresenta, ainda em 1976, o que viria a ser o atual crossover Linkwitz-Riley. (em inglês).

 

Amplificadores Digitais – Workshop Técnico

por Marcelo Barros - Next Digital, Valinhos, SP

Workshop sobre os princípios de funcionamento dos amplificadores digitais (classe-D), suas vantagens e desvantagens em comparação aos amplificadores analógicos tradicionais. Aborda ainda o tema fontes chaveadas versus fontes convencionais e a eficiência destes sistemas quando operando em conjunto. Apresenta ainda os resultados práticos do trabalho apresentado pelo autor na AES 2006 intitulado “O Método FCC de Correção para Amplificadores Chaveados Operando no Esquema Sigma-Delta”.

 

  Audio Measurement Handbook

por Bob Metzler - Audio Precision, Beaverton, Oregon, USA

Livro de autoria de Bob Metzler (um dos gurus da Audio Precision). Leitura obrigatória para quem se interessa por medições em áudio e uma fonte permanente de consulta - O "livro de cabeceira do laboratório de áudio". (em inglês).

 

Clipping x Alto-Falantes 

por Marcelo Barros - Next Digital, Valinhos, SP
Artigo simples, explicando porquê os amplificadores que distorcem representam uma ameaça para os alto-falantes

 

Crossovers Linkwitz-Riley 

por Marcelo Barros - Next Digital, Valinhos, SP
Artigo que demonstra o porquê desse filtro ser tão superior na aplicação de crossovers. Leitura indispensável para projetistas de caixas acústicas e para quem alinha sistemas de P.A. Publicado pela Revista Música & Tecnologia.

 

por Marcelo Barros - Next Digital, Valinhos, SP
Palestra técnica que trata do conceito de Fator de Potência e dos perigos que poderão estar presentes nas instalações elétricas que apresentem um baixo fator de potência. É abordado o recurso PFC bem como os ganhos em segurança e qualidade que ele pode acrescentar aos sistemas de sonorização uma vez incorporado aos equipamentos de grande consumo, com especial destaque para os amplificadores de potência. Palestra ministrada no 12o Congresso de Engenharia de Áudio na 18a Convenção Nacional da AES Brasil, em 14 de Maio de 2014, São Paulo, SP 

 

Line Arrays, Theory and Applications 

por Mark S. Ureda - JBL Professional, Northridge, CA, USA
Leitura obrigatória para quem se interessa pelos recentemente badalados Line Arrays. Este artigo, publicado pela AES, fornece os modelos matemáticos para avaliar a resposta à diretividade destes arrays, bem como quantificar os efeitos de certas imperfeições. (em inglês).

 

  Measuring Switch-mode Power Amplifiers

por Bruce Hofer - Audio Precision, Beaverton, Oregon, USA
Medir a performance de amplificadores digitais (ou chaveados) é uma tarefa que apresenta novos desafios. Os sinais ultra-sônicos inerentes ao processo de modulação digital podem provocar comportamentos não-lineares nos estágios de entrada de equipamentos analisadores que não estejam preparados para essa tarefa. O presente artigo (escrito pelo guru da Audio Precision) de destina a ser um guia na preparação destes equipamentos mais tradicionais, bem como discute os métodos mais empregados nas medições com esta tecnologia de amplificação. (em inglês).

 

A Musically Appropriate Dynamic Headroom Test For Power Amplifiers 

por Peter W. Mitchell – Mystic Valley Audio, Oceanside, CA, USA

Artigo publicado originalmente pela AES no final dos anos 1980, onde o autor propõe que o método de medição de potência dinâmica da IHF fosse modificado, ampliando a duração do burst time de 20ms para algo como 200 ou 300ms. No artigo, o autor antecipa provas a favor de sua proposta e estabelece evidências a favor de uma sustentação de potência mais longa que as propostas atualmente por diversas empresas. (em inglês).

 

O Método FCC de Correção para Amplificadores Chaveados Operando no Esquema Sigma-Delta -Resultados Fundamentais 

por Marcelo Barros - Next Digital, Valinhos, SP
Este artigo demonstra as bases e os resultados fundamentais do método FCC de correção para amplificadores chaveados (classe-D). Centrado no tratamento matemático por técnicas variacionais, este procedimento introduziu melhoras muito significativas no sistema amplificador chaveado, chegando a ter desempenho completamente similar a um amplificador linear de alto padrão, em termos da distorção, da resposta em frequências, do módulo da impedância de saída e do ruído residual de fundo, mas preservando a alta eficiência energética típica de um amplificador chaveado. Apresentado no 4o Congresso/10a Convenção Nacional da AES Brasil.

 

Slew Rate 

por Marcelo Barros - Next Digital, Valinhos, SP
O que significa o slew-rate para os amplificadores e uma justificativa para a sua definição. Também inclui exemplos de como utilizá-lo na avaliação de amplificadores. Publicado pela Revista Música & Tecnologia.

 

Sobre a Influência da Carga nos Amplificadores de Potência 

por Marcelo Barros - Next Digital, Valinhos, SP
Os alto-falantes costumam influir no desempenho dos amps de potência. Aqui, uma explanação simples sobre o assunto. Publicado pela Revista Backstage.

 

Sound System Interconnection

por Rane Corp Technical Staff, Rane Corp, Mukilteo, WA, USA

Artigo prático que trata das interconexões em áudio e de vários problemas relacionados. Assuntos variados são tratados, tais como: loops de terra, interfaces balanceadas e desbalanceadas, cabeamento, lift-ground, etc. (em inglês).

 

Wavefront Sculpture Technology 

por Marcel Urban, Christian Heil e Paul Bauman, L-Acoustics, Gometz-La-Ville, France

Aqui são apresentados os conceitos de Fresnel da óptica física aplicados à acústica. A Análise de Fresnel provê um efetivo e intuitivo método para a compreensão do complexo fenômeno da interferência e portanto estabelece o critério para o efetivo acoplamento de fontes sonoras e para a cobertura de uma determinada geometria de audiência em aplicações de reforço sonoro. Os critérios obtidos formam a base do que é denominado Wavefront Sculpture Technology (Tecnologia de escultura de frente de onda). Belo artigo, escrito pelos pais da matéria (os inventores do V-DOSC). Publicado pela AES. (em inglês).

 
 
 
 
 
 
 

Amplificadores Next Pro by Next Digital